Sendo você um síndico recém-chegado ao mercado da gestão condominial ou não possuindo muitas informações sobre serviços tecnológicos para condomínios é esperado que tenha chegado aqui com o intuito de descobrir como oferecer o melhor ao seu condomínio e ser reconhecido como um excelente gestor.

 

Para contribuir com a sua busca, apresentamos abaixo alguns questionamentos mais frequentes sobre pré-implantação da solução de portaria remota com instruções baseadas nos processos padrão de mercado em geral e alguns deles aprimorados em nosso modelo:

 

Como será feito o cadastramento dos moradores?

Através de fichas cadastrais enviadas para o síndico e que podem ser solicitadas através de e-mail para as empresas.

 

A identificação dos moradores é feita por uso de tags, QRcode ou biometria?

Depende do contrato. Devido a custos relacionados às tags e biometria.

 

O que acontece se o morador esquecer o seu controle ou tag?

Entra em contato com a central de monitoramento para acesso com mecanismo exclusivo.

 

Informações dos moradores são armazenadas no local?

Em dois locais – no próprio local, o condomínio e na central da empresa, digitalizados à nuvem e como arquivos físicos.

 

Como os moradores serão avisados sobre a implantação do sistema?

Na assembleia, em mural físico ou digital.

 

Como é o cadastramento e acesso dos funcionários dos moradores?

Igual ao cadastro feito para moradores, podendo ser biométrico ou com tag.

 

E quanto aos funcionários do condomínio?

Segue mesmo processo de cadastramento mencionado nos tópicos anteriores. Porém programado (funcionário não entra fora do horário de expediente) de acordo com a convenção do condomínio.

Vamos despedir todos os funcionários de portaria humana de uma só vez?

A implantação da portaria remota nem sempre implica em demissão dos funcionários. Eles podem ser recontratados observando-se a convenção, as leis trabalhistas e questões mais específicas de Recursos Humanos.

 

Quais adaptações físicas o condomínio deverá fazer?

Troca ou alterações de portas, ativação de sistemas de alarme, cerca elétrica, sensores de perímetro, interfones, redes de comunicação.

 

Quanto tempo demora, normalmente, para fazer a implantação do serviço?

Em média, costuma ser de 45 dias. Em alguns casos, porém, pode chegar a 6 meses.

 

Qual o custo mensal estimado do serviço de Portaria Remota?

A partir de 2.700 reais apenas. Isso é equivalente a menos de 3% da receita da maioria dos condomínios.

 

O que será cobrado à parte?

Pode ser cobrada a locação de equipamentos e, em raros casos, levando-se em consideração alguns fatores, quando são danificados.

 

Quais são os SLAs da empresa (SLA = Service Level Agreement: garantia estabelecida em contrato do tempo máximo de atendimento para cada tipo de suporte da empresa)?

Boas empresas respondem a demandas técnicas em no máximo 60 minutos, mas podem fazê-lo em poucos segundos, dependendo no nível da qualidade de automação e comunicação da empresa de portaria remota. E até 4 horas para problemas com energia elétrica.

 

Não encontrou resposta para sua dúvida? Entre em contato conosco. A consulta é sempre gratuita.