A internet e a tecnologia são elementos que se tornaram essenciais na rotina das pessoas. Hoje, vivemos uma realidade em que é preciso otimizar processos, trazer facilidades, além de proporcionar mais segurança para o dia a dia, unindo esses dois recursos. Neste post, vamos falar sobre uma ferramenta que é baseada justamente nisso: a internet das coisas (IoT).

Entrando um pouco mais na realidade dos condomínios, segurança e inteligência nos processos são fundamentais para que se possa garantir o bem-estar de todos os moradores. Afinal, já se foi o tempo em que somente o porteiro era necessário para garantir tudo isso. Hoje, é preciso do auxílio da tecnologia para ter eficiência.

Por isso, explicaremos nos próximos tópicos como a Internet das Coisas pode ajudar os condomínios nesse desafio. Continue acompanhando o post para entender melhor como funciona o conceito e quais são suas aplicações.

O que é a internet das coisas (iot)?

Internet das Coisas é a tradução da expressão “Internet of Things”, e é justamente por isso que a sua sigla é IoT. O termo representa um cenário em que é possível conectar diversas coisas, para que possam se comunicar entre si por meio da internet e outras tecnologias.

Obviamente que isso somente é possível com a condição de que os diversos componentes estejam conectados. Em resumo, podemos dizer que a Internet das Coisas é uma ótima maneira do mundo físico se aproximar do mundo digital. Para você ter uma noção, hoje é possível criar dispositivos que executem tarefas recebendo apenas um comando que é dado à distância, a partir de um smartphone, tablet ou computador.

Já pensou que interessante seria desligar as luzes da sua casa mesmo não estando nela, apertando apenas um botão no seu celular? Ou então usar uma pulseira que meça os seus batimentos cardíacos e crie um relatório que será enviado ao seu médico?

Como a IOT funciona?

Como explicamos, a Internet das Coisas conecta diversos objetos com a internet para que possam se comunicar e articular ações. Sendo assim, vários componentes precisam ser sincronizados. Detalhamos abaixo os principais fatores envolvidos:

Os dispositivos

São as “coisas” ou os objetos que podem ser conectados entre si. Trata-se de carros, lâmpadas, relógios, geladeiras, smartphones, tablets, televisores, dentre outros. Obviamente que é preciso que os dispositivos tenham a infraestrutura tecnológica para uma boa comunicação: conexão com a internet, sensores, antenas, chips e muitos outros.

A rede

A rede representa o meio da comunicação entre os dispositivos. As tecnologias são conhecidas: Wi-Fi, Bluetooth, 3G, 4G, dentre outras.

Sistema de controle

O sistema de controle pode ser comparado a uma torre de comando. É ele que captura os dados que configuram as ações por meio da rede, os processa e, assim, toma as decisões sobre o que deve ser feito, conforme os comandos que são fornecidos pelo usuário.

Um exemplo da ação desse sistema é quando o seu despertador, após tocar, envia um comando para a sua cafeteira preparar o café.

Qual é o impacto da internet das coisas na vida das pessoas?

O impacto da IoT na vida das pessoas pode ser gigantesco. Apesar de ainda estarmos nas fases iniciais do uso dessa tecnologia, já é possível visualizar aplicações concretas e fazer planos para o futuro. Um dos projetos mais comentados se chama Smart Cities, ou Cidades Inteligentes, em português.

A ideia é utilizar um grande sistema de coleta de dados para tornar eficientes os serviços que uma cidade oferece. Imagina só que ótimo seria se os caminhões de lixo pudessem ser avisados sobre onde é preciso coletar lixo?

As possibilidades são imensas; já se fala em sensores nos carros que direcionam o caminho em um estacionamento, indicando onde há vagas, ou então em um serviço de transporte público que poderá fornecer informações dos seus ônibus em tempo real e muito mais.

Como a iot tem contribuído com novas tecnologias para os condomínios?

Agora que você já sabe melhor sobre o que é a Internet das Coisas e como ela funciona, explicaremos a seguir como essa tecnologia pode trazer melhorias para o seu condomínio e torná-lo mais conectado.

Preparamos uma lista com algumas das facilidades que a IoT pode proporcionar:

  • quando o tempo de abertura e fechamento dos portões foge muito do padrão, é possível enviar um alerta para o síndico e o serviço de manutenção do prédio verificar o que está ocorrendo;
  • a instalação de sensores na superfície do condomínio pode transmitir diversos alertas, dentre eles uma indicação sobre a necessidade de realizar limpezas;
  • a realização de leituras de água, gás e energia em tempo real pode auxiliar os moradores a monitorar os seus gastos todos os dias;
  • é possível gerar chaves de acesso por meio de um aplicativo no celular para o uso de locais como o salão de festas, melhorando assim a gestão e o monitoramento das áreas comuns do condomínio;
  • a tecnologia integrada para a análise dos ambientes do condomínio permite verificar se há algum movimento suspeito, principalmente próximo aos portões, por meio de câmeras e softwares que disparam alertas ao síndico e moradores do condomínio;
  • se algum elevador parar de funcionar, se torna possível enviar uma mensagem para a empresa responsável pela manutenção indicando mais detalhes, como se há alguma pessoa precisa e que tipo de problema pode ter ocorrido;
  •  utilizar sensores para identificar vazamentos de água no condomínio possibilita alertar o síndico sobre o vazamento e o local em que está ocorrendo;
  • é possível monitorar o nível da caixa d’água, informando o síndico e os moradores quando os níveis estão baixos, para que estes possam poupar o consumo, evitando que o condomínio fique completamente sem água.

Deu para entender bem o que é a Internet das Coisas, não é mesmo? Então, tenha em mente que é possível inovar na gestão do condomínio implementando diversas soluções baseadas nas tecnologias proporcionadas pela IoT. Basta estudar quais delas se encaixam melhor com a sua realidade.

Gostou deste post? Então siga o nosso perfil no Facebook e LinkedIn para ficar por dentro de todas as novidades!